Sábado, 2 de Outubro de 2010

Recordando o passado - Duplas de sucesso

A DUPLA QUE FEZ O MÓNACO SONHAR

 

THIERRY HENRY E DAVID TREZEGUET

 

Os internacionais franceses Thierry Henry e David Trezeguet, formaram uma das melhores e mais bem sucedidas duplas de avançados dos últimos anos. Primeiro no clube francês do Mónaco, ainda na década de 90, mais tarde ao serviço da selecção gaulesa, finais da década de 90, início da década seguinte. Foram companheiros de ataque no clube francês durante quatro temporadas, onde se revelaram dois dos principais responsáveis pelos títulos (dois), que o clube conquistou nesse período de tempo : uma Liga Francesa na temporada 96/97, e uma Supertaça francesa na época seguinte.

 

Alem desses dois títulos, o clube conseguiu uma óptima prestação na liga dos campeões, na temporada 97/98. Depois de ter terminado em primeiro lugar no grupo F, conseguiu atingir as meias-finais da competição, caindo só aos pés da poderosa Juventus. Uma das proezas do clube gaulês foi alcançado nos quartos-de-final, quando deixou pelo caminho o Manchester United de Alex Ferguson e companhia. Depois de um nulo em França, os franceses foram a Old Trafford arrancar um empate a um, que lhes permitiu seguir em frente.

 

Depois de um fantástico desempenho frente à Juventus, nas meias-finais da Champions, e de se sagrar campeão do mundo ao serviço da Franca no Mundial de 98, a Juventus era o próximo destino de Henry. No entanto curto, sem grande sucesso no Calcio. O jogador permaneceu apenas uma temporada em Turim. Depois de uma passagem efémera pela Juve, mudou-se para Inglaterra, e foi com a camisola do Arsenal que conheceu os melhores dias da sua carreira, onde se sagrou campeão inglês em 03/04.

 

Também foi ao serviço dos " gunners" que conheceu o ponto mais alto da sua carreira. Ao longo de oito temporadas, tornou-se num dos melhores atacantes do mundo. Em Inglaterra apontou mais de 200 golos. Após oito temporadas na Premier League, decidiu ingressar no Barcelona. Representou o clube catalão durante três épocas. Ganhou quase tudo o que um jogador pode ambicionar, a nível colectivo. No entanto, não teve a mesma importância e influência que havia tido no Mónaco ou no Arsenal. Esta temporada mudou para os Estados Unidos, para representar  o New York Red Bulls.

 

Trezeguet, teve um percurso idêntico ao de Henry, depois de se sagrar campeão europeu ao serviço da sua selecção, mudou-se para o Calcio, e também escolheu a Juventus. A única diferença foi que conseguiu ser bem mais sucedido que o seu compatriota. Não só a nível colectivo como individual. Foi durante vários anos umas das grandes referências da " Vecchia Signora ". Conseguiu sempre médias de golos interessantes e conquistou vários troféus ao serviço do clube italiano. Hoje em dia podemos vê-lo na Liga Espanhola, com a camisola do Hércules, já numa fase terminal da sua carreira.

 

 Além dos dois títulos que ambos venceram ao serviço do Mónaco, na altura que actuavam lado a lado, também se destacaram no Mundial de 98 realizado em França, onde a selecção francesa a jogar em casa, venceu a competição. Dois anos mais tarde, passaram a ser jogadores bem mais influentes, e garantiram mais um grande troféu. Vencerem o campeonato europeu, e foi Trezeguet quem apontou o golo da vitória, frente à selecção italiana.

 

No total foram quase dez anos, a representar o país. Em Julho de 2008, Trezeguet disse o adeus final à selecção, depois de ter ficado fora do Euro 2008. Henry retirou-se um pouco mais tarde. Depois de uma presença frustrante no Mundial 2010, colocou um ponto final na sua carreira internacional. Henry mais rápido, mais técnico. Trezeguet jogador de área, especialista no jogo aéreo, formaram uma dupla de atacantes temível, que continuara presente no imaginário dos apaixonados do desporto rei !!!

tags:

publicado por andre--- às 14:02
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Desertor - com ou sem raz...

. Witsel é um luxo

. Um olhar sobre os candida...

. Fará Luisão assim tanta f...

. Liga Europa - O adversári...

. Liga Europa - O adversári...

. Liga Europa - O adversári...

. Um ponto final na maldiçã...

. Liverpool no caminho do B...

. Só resta a Taça da Liga

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

.tags

. todas as tags

.links

origem
Directorio de Blogs Portugueses
Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
online
blogs SAPO

.subscrever feeds