Domingo, 31 de Janeiro de 2010

Tudo na mesma

Nada de novo nos lugares cimeiros da Liga Sagres. Porto e Benfica não quiserem deixar fugir o Sporting de Braga e também venceram nesta jornada (17). O Porto foi vencer à Choupana o Nacional da Madeira por 4-0. Enquanto que o Benfica recebeu e venceu na Luz o Vitória de Guimarães por 3-1. O Benfica igualou o Braga com 42 pontos. O Porto continua a perseguição aos dois da frente (menos seis pontos).

 

NACIONAL - PORTO

 

Jogo tranquilo do Porto. Varela e Falcao bisaram neste encontro. Varela abriu e fechou o marcador. Foi um jogo de regressos. Regresso de Manuel Machado ao banco do Nacional, depois de uma ausência devido a problemas de saúde. E, claro, o regresso de Rúben Micael à Choupana, para defrontar a equipa que o lançou no escalão principal do futebol português. O novo reforço do Porto iniciou mesmo a partida como titular, ocupando o lugar de Raul Meireles. E até fez uma bela exibição. Sendo mesmo um dos melhores em campo, a par de Álvaro Pereira e Falcao.

 

Tudo se complicou para a formação da casa à passagem dos 30 minutos de jogo. Alex Bruno estreando-se como titular, comete grande penalidade, e é expulso ao receber o segundo cartão amarelo do desafio. Manuel Machado via a sua equipa ficar reduzida a dez unidades e, ainda via Varela transformar a grande penalidade em golo. Complicavam-se as coisas para os insulares. Estreia péssima do defesa brasileiro. Com mais uma unidade em campo e em vantagem, os visitantes passaram a dominar o jogo por completo. Chegando aos 4-0, com naturalidade. Bracali impediu que o marcador tivesse sido mais dilatado. No final da partida, Manuel Machado foi bastante critico com a arbitragem. O novo reforço do Porto, Rúben Micael, mostrou que pode ser bem mais influente e produtivo que o argentino Belluschi.

 

 

BENFICA - GUIMARÃES

 

Benfica e Vitória encontraram-se pela quarta vez esta temporada. Os encontros anteriores resultaram num empate, e num triunfo para cada uma das duas equipas. Com a vitória de ontem, os encarnados desempataram este registo. Aimar e Carlos Martins apontaram os golos da formação de Jorge Jesus. Nuno Assis, ex Benfica, marcou o tento da equipa minhota. Os jogos entre estas duas equipas têm sido marcados pelo equilíbrio. Apesar do resultado de 3-1 favorável aos encarnados, o jogo até foi dividido na segunda metade.

 

Carlos Martins foi a figura da noite. Conseguiu ser herói e vilão no mesmo jogo. Apontou o segundo e terceiro (um dos melhores da jornada) golo da partida. Antes (primeira parte) já tinha discutido com o paraguaio Cardozo. Além de ter bisado, jogou e fez a equipa jogar. No entanto manchou a sua boa prestação sos 71 minutos, quando foi expulso. Num lance perfeitamente desnecessário. Jogou a bola com a mão e recebeu o segundo cartão amarelo e a consequente ordem de expulsão. O Guimarães podia ter saido da luz com outro resultado se tivesse sido uma equipa bem mais eficaz, sobretudo na segunda parte, onde dispôs de boas ocasiões para marcar. Um dos novos reforcos do clube da Luz (Alan Kardek), estreou-se em jogos da Liga. Entrou aos 89 minutos.

tags:

publicado por andre--- às 15:49
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sábado, 30 de Janeiro de 2010

Super Braga !!!

O " super Braga " voltou a bater o pé a um grande mais uma vez no campeonato. Ontem à noite no Estádio Axa, o Sporting local bateu o Sporting da capital por 1-0, com um golo do brasileiro Paulo César. Aumentou para 15 pontos a vantagem sobre o Sporting, e voltou a colocar a pressão do lado do Porto e do Benfica, que hoje vão entrar em acção. Este desaire deve ter colocado um ponto final na luta dos leões pelo título nacional. E como diz e bem o Jornal Record na edição de hoje : só restam as Taças !!!

 

Marcar um golo, ou bater o Braga nesta edição da Liga Sagres, está-se a tornar uma tarefa cada vez mais árdua. Que o digam os grandes. Já todos se deslocaram esta época ao terreno do líder, e todos saíram de lá derrotados e, sem qualquer golo apontado. Primeiro o Porto, mais tarde o Benfica, ontem à noite foi a vez do Sporting. Os leões somaram mesmo a sua segunda derrota no campeonato diante dos arsenalistas.

 

Na primeira volta também tinham perdido em Alvalade (2-1). Com 17 jornadas disputadas, os minhotos só perderam ainda uma única vez na Liga, foi no derby do Minho. Foram derrotados do Afonso Henriques pelo Vitória (1-0). Empataram três : Rio Ave ; Leixões e Naval. E venceram os restantes jogos (13 vitórias) !!! É um percurso notável. O Braga até pode não marcar tantos golos quanto o Porto ou o Benfica, mas defensivamente é uma formação muito acima da média. A equipa de Domingos Paciência em 17 jogos sofreu apenas seis golos, o que lhe confere a melhor defesa da prova. A única formação que conseguiu marcar até à data em Braga foi o Belenenses, através de Yontcha. Estávamos nós na terceira jornada.

 

Como adepto de futebol ofensivo, posso dizer que ontem esperava mais daquele que foi o jogo de abertura da jornada número 17. O jogo mais aguardado da ronda e que tanto interesse suscitou no panorama nacional. Mas, por outro lado, também compreendo o porquê das duas equipas não terem arriscado mais. O que arriscaram foi muito pouco.

 

No primeiro tempo, só depois do golo da equipa da casa, isto perto da meia hora de jogo, é que o jogo abriu. Antes disso, foi sempre uma partida pouco interessante, táctica. As equipas estavam encaixadas uma na outra. Houve sempre pouca iniciativa de um lado e do outro. Nenhuma delas ousava em arriscar. Até que aos 31 minutos Paulo César rompeu pelo lado direito da defensiva leonina, ultrapassou Veloso com grande  categoria, alvejou a baliza de Patrício e colocou o líder ainda mais líder. O remate do brasileiro ainda desviou em Tonel, traindo o guarda redes português.

 

Cinco minutos depois do golo, é que o Sporting foi capaz de responder com perigo. Primeiro por Saleiro. E depois por Liedson, que não aproveitou um desentendimento entre Eduardo e Rodriguez, quando este chocaram os dois. A boa sobrou para o internacional português, mas este rematou por cima, com a baliza escancarada. Era a primeira oportunidade de golo para a equipa de Carvalhal. Logo depois respondeu Viana, com um livre directo que passou perto do poste da baliza dos visitantes.

 

No segundo tempo o Braga mostrou que sabe ocupar bem o meio campo adversário, e que sabe ainda melhor fazer a bola circular. O Sporting teve sempre muitas dificuldades para fazer o mesmo, e para criar perigo junto da baliza de Eduardo. O Sporting de ontem não foi o mesmo dos últimos sete jogos, em que venceu sempre. Alguns jogadores que costumam ser pecas nucleares, como : João Pereira, Veloso ou Izmailov, estiveram apagados. No lado do Braga destaque para Mossoró, um dos melhores em campo. Se este Sporting de Braga não é candidato ao título : eu vou ali e já venho (como dizia o outro) !!! 

tags:

publicado por andre--- às 15:53
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 29 de Janeiro de 2010

O mérito de Jesualdo Ferreira

Apesar de esta temporada as coisas não estarem a correr da melhor maneira ao campeão nacional no campeonato, pelo menos até à dada (menos seis pontos que os lideres) não se deve retirar o mérito ao seu treinador : professor Jesualdo Ferreira. Pois isso foi algo que o próprio conseguiu nestes últimos anos com toda a justiça. O trabalho que tem vindo a desenvolver no Porto, deve ser elogiado e, sempre relembrado. Principalmente pelas suas conquistas, pelos jogadores que lançou e, pela forma como alguns deles cresceram. Continuo-o a achar um dos melhores treinadores portugueses da actualidade.

 

Em Portugal, como em muitos outros países, falta culta desportiva. Quando uma equipa não está bem. Quando não está a superar as expectativas, aponta-se facilmente o dedo ao seu treinador. Quem lidera uma equipa de futebol é quase sempre o grande culpado. Por exemplo jogadores e direcção passam quase sempre ao lado. Talvez seja bem mais fácil culpar aquele que dirige a equipa no banco de suplentes. E deixar impunes todos os outros.

 

Já se sabe que a massa adepta azul-e-branca, é demasiado exigente, e ao mínimo deslize, não costuma poupar jogadores e muito menos treinadores. Os sucessos seguidos uns atrás dos outros, nas últimas décadas, tornaram a plateia do Dragão extremamente crítica. Jesualdo Ferreira sempre esteve na corda bamba. No início devido ao seu benfiquismo. Algo que ele foi superando com os títulos conquistados. Mais tarde por insistir em jogadores que teimam em não render tudo aquilo que deles se esperava. E, claro, por esta época a equipa não andar no topo. Ainda faltam muitas jornadas, e a equipa está em todas as frentes. É disso que os adeptos não se devem esquecer.

 

Jesualdo tem vindo a realizar um óptimo trabalho no Dragão. Chegou ao clube no verão de 2006, após Pinto da Costa ter despachado o Holandês Co Adriaanse, mesmo depois deste ter feito a dobradinha (Liga e Taça). O professor que tinha acabado de assinar pelo Boavista, viu-se obrigado a rescindir, para, mais tarde, assinar pelo campeão nacional por dois anos. Logo na sua primeira temporada ao serviço dos dragões, Jesualdo conquistou o seu primeiro título enquanto treinador de futebol. Ao sagrar-se campeão nacional pelo Porto. Viria ainda a conquistar mais duas Ligas, uma Taça de Portugal e uma Supertaça.

 

Fiel ao seu 4x3x3, um dos grandes desafios do professor, tem sido o de refazer a equipa várias vezes. Devido às saídas de vários jogadores. Como : Pepe ; Anderson ; Bosingwa ; Paulo Assunção ; Quaresma ; Cissokho; Lucho ou Lisandro. Pode-se dizer que encontrou sempre boas soluções. Foi decisivo no crescimento de vários jogadores : Fucile ; Rolando ; Bruno Alves ; Raúl Meireles ; Fernando ou até Lisandro. Descortinou sempre a melhor posição para cada jogador que tinha às suas ordens. Atingiu sempre os oitavos-de-final da Liga dos Campeões. A época passada acabou mesmo por chegar aos quartos, sendo eliminado pelo Manchester United. O que eu não percebo, é que grande parte dos adeptos azuis-e-brancos continuem a criticar o professor e nem sequer lhe atribuam o mérito a que ele tem direito. Já disse e volto a dizer : o trabalho dele tem sido muito positivo !!!

tags:

publicado por andre--- às 17:52
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 28 de Janeiro de 2010

Precisava o City de Patrick Vieira ?!

A grande maioria dos treinadores de futebol por vezes, têm decisões que deixam um pouco a desejar, e que no mínimo merecem ser debatidas. Tais como opções tácticas, técnicas ou até na escolha de jogadores. Exemplo disso, foi uma das novas apostas do novo treinador do Manchester City, o Italiano Roberto Mancini. Ele que até começou da melhor maneira no comando da equipa. Arrancou com uma série de cinco vitórias consecutivas. Interrompida com uma derrota diante do Everton por 2-0.

 

Com a reabertura do mercado de inverno, o técnico italiano achou que o City precisava de reforços. A sua primeira aposta recaiu no médio Francês do Inter de José Mourinho : Patrick Vieira, que bem conhece. Já tinham trabalhado juntos no Inter. Será o regresso a uma Liga onde o médio defensivo brilhou intensamente . A melhor fase da sua carreira foi justamente na Premier League com a camisola do Arsenal (9 anos). Nessa altura, além dos vários títulos que conquistou em " Highbury Park ", (antigo Estádio do Arsenal) transformou-se ainda num dos melhores jogadores na sua posição. Hoje, com 33 anos, Vieira já não é o mesmo jogador, infelizmente. Naquela altura, era para mim o melhor número 6 do futebol mundial. Ao nível dele vi poucos : Redondo ; Pirlo ou Essien !!! 

 

Fora das opções do portugês Mourinho, já se esperava que o jogador quisesse mudar de ares. No entanto, não me parece que a equipa de Manchester necessite de um médio com as suas características. Talvez um dos problemas daquele plantel esteja relacionado com outras posições, um médio mais ofensivo, um jogador que consiga desequilibrar na zona central, e que sirva os pontas-de-lança. Porque médios que ocupem a posição 6, já a equipa dispõe. Barry, internacional inglês, que trocou o Aston Villa a troco de 30 milhões de euros. O Holandês De Jong, jogador interessante e de enorme qualidade. Ou até o Belga Kompany, que também pode actuar como defesa central.

 

O que Vieira poderá acrescentar à equipa, é experiência, porém, não me parece que seja o que o grande problema do City, muito sinceramente. Embora seja sempre importante. Pois o plantel está recheado de jogadores jovens !!! Existem lacunas bem mais urgentes. Um lateral direito que possa substituir o inglês Richards. Pelo menos mais dois jogadores que possam actuar nas alas. O plantel conta apenas com Wright Phillips. Robinho deve estar de saida. E, como já tinha referido, um médio mais ofensivo. Um clube como o City, que pretende troféus, tem de ter um jogador superior ao Irlandês Ireland. Ou até um guarda redes que possa discutir a titularidade com Shay Given. Na minha opinião, estas deviam ser as prioridades de Mancini.

tags:

publicado por andre--- às 17:32
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Desertor - com ou sem raz...

. Witsel é um luxo

. Um olhar sobre os candida...

. Fará Luisão assim tanta f...

. Liga Europa - O adversári...

. Liga Europa - O adversári...

. Liga Europa - O adversári...

. Um ponto final na maldiçã...

. Liverpool no caminho do B...

. Só resta a Taça da Liga

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

.tags

. todas as tags

.links

origem
Directorio de Blogs Portugueses
Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
online
blogs SAPO

.subscrever feeds