Terça-feira, 31 de Agosto de 2010

Em franca recuperação

LEÃO SOMOU A TERCEIRA VITÓRIA CONSECUTIVA

 

LIGA ZON SAGRES - 3ª JORNADA

 

NAVAL - SPORTING

 

O Sporting de Paulo Sérgio continua na senda das vitórias (antes já tinha batido o Marítimo e o Brondby). A equipa leonina foi há Figueira da Foz (onde venceu sempre) derrotar da Naval 1º de Maio por 3-1, com golos de Liedson, Matias e Yannick. O golo da formação da casa foi apontado por João Pedro. Recorde-se que Liedson já não marcava qualquer golo desde de Abril passado. O Naval - Sporting foi outro dos jogos da ronda que contou com uma arbitragem controversa. Polémicas à parte, o triunfo dos visitantes foi inteiramente justo.

 

A equipa da capital foi quase sempre superior ao seu opositor, e foi ao Municipal José Bento Pessoa carimbar a terceira vitória (duas no campeonato, e outra no Play-off da Liga Europa) consecutiva. Demonstrando o seu belo momento. Vitória importante, que permitiu à equipa ascender ao terceiro posto da competição, em igualdade pontual com o Nacional da Madeira. O triunfo leonino foi merecido e tranquilo. Nesse aspecto, a Naval do francês Zvunka também decidiu contribuir. Lupède cometeu um daqueles erros caricatos.

 

O Sporting como lhe competia aproveitou e agradeceu. A equipa recolheu às cabines a vencer pela margem mínima. Um golo artístico de Liedson, procedido de forma irregular - fora-de-jogo, deixou os comandados de Paulo Sérgio em vantagem. Os figueirenses não conseguiram dar continuidade às razoáveis exibições obtidas nas duas primeiras jornadas -  frente ao porto e ao Portimonense. Foram remetidos na maior parte do encontro para o seu meio-campo. E acabaram por ser facilmente manietados.

 

O 4x4x2 losango de Paulo Sérgio ia dando forma ao futebol forasteiro, com André Santos a afirmar-se cada vez mais no onze tipo do leão. Boa leitura do jogo, activo na recuperação da bola, e eficiente na forma como levantava a cabeça e saia a jogar. Surpresa ? Para quem o viu no Leiria a época passada não !! O segundo golo surgiu de grande penalidade aos 60 minutos por Matias Fernandez. Grande penalidade cometida por Lupède. Liedson foi quem sofreu a falta. Dez minutos depois, o Sporting voltou a marcar por Yannick. Lupède atrasou para Salin, acabando por isolar o atacante do Sporting, que não facilitou. Os figueirenses ainda reduziram por João Pedro. O defesa francês Lupède, foi decididamente o " elo mais fraco " do Naval - Sporting.

tags:

publicado por andre--- às 17:31
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 30 de Agosto de 2010

Embalados por Hulk

O BIS DO BRASILEIRO FOI DETERMINANTE

 

LIGA ZON SAGRES - 3ª JORNADA

 

RIO AVE - PORTO

 

O triunfo (2-0) azul-e-branco no Estádio dos Arcos, palco do Rio Ave, não só isolou (três triunfos em outros tantos jogos) a equipa no topo da prova, como também confirmou o bom momento do conjunto de André Villas-Boas, que apesar de não estar a practicar um futebol por aí além, mostra-nos que a equipa está forte, motivada e vai crescendo semana após semana. Os métodos de trabalho e as ideias do técnico mais novo de sempre do Porto, começam a surtir efeito. O plantel vai assimilando os processos de forma natural. Os resultados estão à vista. Líder incontestável ao cabo da terceira jornada, com nove pontos, seis golos marcados e nenhum sofrido, o que demonstra bem o poderio da equipa a nível defensivo e ofensivo neste momento.

 

Este início de temporada também fica marcado pela forma soberba de algumas unidades do onze tipo. Casos de Fernando, Belluschi e de Hulk. Que neste momento, é o jogador que consegue fazer a diferença a nível individual. Quando as coisas se complicam em termos colectivos, Hulk emerge, e resolve de forma natural. Neste momento atravessa um momento de forma inigualável naquele plantel. Diante do Genk revelou-se decisivo ao apontar um " hat-trick ". Ontem, voltou a ser uma espécie de abre-latas, ao fazer os dois golos com que o terceiro classificado da temporada anterior venceu em Vila do Conde. O Porto ontem, viveu sobretudo, da inspiração do internacional canarinho.

 

Ele foi quase sempre o mais esclarecido, mais interventivo e mais eficaz. Os números individuais falam por si. Polémicas foram algumas das decisões do juiz da partida : Jorge Sousa. As equipas pareciam estar encaixadas uma na outra, pois jogavam de forma idêntica. Uma linha de quatro defesas ; três unidades na linha média e outras três na frente. Até que ao minuto 22, Hulk desfez o a zero-a-zero. Sobre o lado direito, tentou assistir Falcao, a bola acabou por desviar num defesa do Rio Ave, embateu no poste esquerdo acabando por entrar.

 

Aos 65 minutos o Porto colocou practicamente um ponto final no resultado. Jogada com cabeça, tronco e membros. Uma das melhores até ao momento, se não a melhor, da Liga 10/11. Com a bola a circular por várias unidades até chegar à boca da baliza para a conclusão do jogador brasileiro. Posse e circulação, sempre com a equipa a progredir. Belo momento de futebol nos Arcos. Na próxima ronda há um escaldante : Porto - Braga. O Braga que também atravessa um belo momento, tem hipótese de se isolar na liderança.

tags:

publicado por andre--- às 19:30
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 29 de Agosto de 2010

De vilão a herói

ROBERTO MARCOU O RUMO DO JOGO

 

LIGA ZON SAGRES - 3ª JORNADA

 

BENFICA - SETÚBAL

 

O Campeão nacional regressou aos triunfos em jogos oficiais, depois de três derrotas consecutivas. O Vitória de Setúbal de Manuel Fernandes foi o adversário ideal, e tal como na temporada anterior, foi mais uma vez o " bombo da festa ". Cardozo voltou a marcar, ajudando a formação de Jorge Jesus a sair da crise, e a bater os sadinos por 3-0. Luisão e Aimar também marcaram. Os primeiros 25/30 minutos do jogo de ontem entre o Benfica e o Vitória de Setúbal pareciam um capítulo de uma produção fictícia. Surpresa ou não, Júlio César foi aposta inicial de Jorge Jesus para render o " mal amado " Roberto. Salvio também se estreou como titular. O Benfica entrou a todo o vapor e inaugurou o marcador logo aos quatro minutos por Cardozo, que com uma golpe de cabeça bateu Diego. Inédito esta temporada : o Benfica em vantagem no marcador. Jogada no lado esquerdo, protagonizada pelo argentino Gaitán, que com um cruzamento milimétrico assistiu o ponta-de-lança paraguaio.

 

O pior, ou não, estava para vir. Minuto 22, desatenção de Maxi Pereira, que exagerou na força do passe atrasado para Júlio César, este também não dominou o esférico da melhor maneira, e foi forçado a cometer uma grande penalidade, punida com a cartolina vermelha. Os guardiões encarnados pareciam estar amaldiçoados. Roberto, ele mesmo, era obrigado a entrar em acção, que logo de seguida viria a tornar-se determinante. Hugo Leal, formado nas escolas do clube encarnado, encarregou-se da marcação, mas permitiu a defesa vitoriosa do guarda-redes espanhol. Para gáudio dos colegas, de Jorge Jesus e do público encarnado. O Estádio da Luz passou então a incentivar o jogador espanhol. Assim foi, até ao último apito. Em vantagem no marcador, mas em inferioridade numérica, o Benfica nunca acusou a expulsão do jogador brasileiro. O Vitória raramente conseguiu tirar proveito do facto de contar com mais uma unidade.

 

Não marcou o Vitória, aproveitou o Benfica para elevar a vantagem, numa altura importante. Minuto 44, em cima do intervalo, o gigante Luisão foi lá à frente e fez o segundo na sequência de um pontapé de canto. Cabeceamento fulminante do capitão encarnado. O segundo golo deixava a equipa da casa um pouco mais aliviada e mais perto do primeiro triunfo oficial da época. O segundo tempo não foi muito diferente. O Benfica tentou sempre aumentar a vantagem. O Setúbal poucas vezes deu a ideia de estar a jogar contra dez elementos. E, aos 56 minutos, foi a vez de Aimar deixar a sua marca. O Benfica matava ali practicamente o jogo. Mais uma bela intervenção de Gaitán. Que se mostrou muito interventivo, deixando boas indicações. Claramente o jogo bem mais conseguido de um dos novos reforços encarnados. Vitória justa e fácil do Benfica. Num jogo que ficou marcado pela aparição gloriosa de um dos jogadores que mais controvérsia tem vindo a criar neste início de temporada no universo encarnado : Roberto !!! Foi uma reviravolta, ou um adiamento ?

tags:

publicado por andre--- às 14:44
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sábado, 28 de Agosto de 2010

Os opositores das equipas portuguesas na Europa

LYON NO CAMINHO DO BENFICA - BRAGA TEM PELA FRENTE O ARSENAL

 

As equipas portuguesas ainda em prova nas competições da UEFA já conhecem os respectivos adversários. Pode-se dizer que o sorteio foi animador para os emblemas do nosso futebol. Benfica e Sporting de Braga tem boas hipóteses de ultrapassarem a fase de grupos da Liga Milionária. Tal como o Porto e o Sporting na Liga Europa. Os três grandes, e o actual quarto grande do futebol português, ficaram inseridos em grupos bastante acessíveis.

 

LIGA DOS CAMPEÕES

 

GRUPO B

 

LYON

BENFICA

SCHALKE 04

HAPOEL

 

Em condições perfeitamente normais, o Hapoel de Telaviv terá grandes dificuldades para se impor neste grupo. E dificilmente seguirá para a próxima fase da prova. Os alemães do Schalke estão longe de ser uma equipa fácil. No entanto, penso que o grande obstáculo do clube da Luz será mesmo a formação do Lyon, que era claramente a equipa mais acessível do pote 1. A luta será entre estas equipas. Continuo a achar que o Benfica tem tudo para se afirmar no grupo B.

 

GRUPO H

 

ARSENAL

SHAKHTAR DONESTK

BRAGA

PARTIZAN

 

À partida diria que o Partizan não deverá entrar nas contas deste grupo para seguir em frente. O grande favorito do grupo é claramente o Arsenal de Arsene Wenger. Os ucranianos são uma equipa bem mais experiente que os minhotos neste tipo de prova, porém, são um opositor acessível. A luta pelo segundo lugar será entre portugueses e ucranianos.

 

 

LIGA EUROPA

 

GRUPO C

 

SPORTING

LILLE

LEVSKI SOFIA

GENT

 

Apesar do Sporting ser a equipa favorita neste grupo, o Lille será sempre uma equipa a ter em conta. Além de ter no seu plantel jogadores de renome, conta com alguma experiência nas provas da UEFA nos últimos anos. O CSKA e o Gent são equipa bastante inferiores. O Sporting tem tudo para se apurar para a fase seguinte.

 

GRUPO L

 

PORTO

BESIKTAS

RAPID VIENNA

CSKA SOFIA

 

O Besiktas dispensa qualquer tipo de apresentação. Habituada a estas andanças, conta com jogadores conhecidos dos adeptos do desporto rei, como Quaresma ou Guti. Um dos atractivos será mesmo o reencontro de Ricardo Quaresma com a sua antiga equipa. O Rapid de Viena deixou pelo caminho os ingleses do Aston Villa. O Cska é decididamente a formação mais apetecível. O Porto, tal como o Sporting tem tudo para se afirmar neste grupo L.

tags:

publicado por andre--- às 14:23
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 9 seguidores

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Desertor - com ou sem raz...

. Witsel é um luxo

. Um olhar sobre os candida...

. Fará Luisão assim tanta f...

. Liga Europa - O adversári...

. Liga Europa - O adversári...

. Liga Europa - O adversári...

. Um ponto final na maldiçã...

. Liverpool no caminho do B...

. Só resta a Taça da Liga

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

.tags

. todas as tags

origem
Directorio de Blogs Portugueses
Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
online
SAPO Blogs

.subscrever feeds