Sexta-feira, 25 de Fevereiro de 2011

Liga Europa - O adversário do Benfica

PSG

 

A ANTIGA EQUIPA DE PAULETA TEM FEITO UMA BOA ÉPOCA

 

A formação gaulesa do Paris Saint Germain, tem realizado uma temporada bastante aceitável. Continua com boas hipóteses de chegar ao título francês. Ocupa a quinta posição, mas está apenas a quatro pontos do primeiro classificado - o Lille (equipa que defrontou o Sporting nesta prova). Pelo caminho deixou o BATE Borisov, um velho conhecido do Benfica. Na minha opinião é uma formação com vários jogadores interessantes, mas que perdeu aquele que era o mais talentoso na reabertura do mercado - Sessègnon, médio criativo que rumou ao futebol inglês para representar o Sunderland. O sector defensivo é certamente o mais débil da equipa de Paris. Sakho é de longe o melhor defesa do plantel. Jovem central de grande qualidade. O meio campo é o sector mais forte desta equipa. Conta com jogadores como : Chantôme, Nenê, Bodmer ou Clement. Na frente há Giuly, Luyindula e Erdinç.

tags:

publicado por andre--- às 17:40
link do post | comentar | favorito
|

Um ponto final na maldição alemã

BENFICA VENCEU NA ALEMANHA PELA PRIMEIRA VEZ

 

LIGA EUROPA - 16 AVOS-DE-FINAL

 

ESTUGARDA - BENFICA

 

Os encarnados colocaram um ponto final na maldição alemã, ao vencerem ontem pela primeira vez em solo germânico ao fim de vinte jogos. Um golo em cada parte permitiu ao Benfica fazer história, consomar a décima sexta vitória consecutiva - feito que permite a Jorge Jesus superar as quinze vitórias de Jimmy Hagan e Sven-Goran Eriksson. Dois golos de belo efeito : o primeiro de Salvio e o segundo de Óscar Cardozo, voltam a colocar a o Benfica no caminho do PSG, equipa francesa que foi afastada pelo Benfica em 2006. Apesar de ter controlado o jogo, o duelo foi dividido e as oportunidades de golo não faltaram de um lado e de outro. Muito trabalho para ambos os gurda-redes. Tal como o Porto, o Benfica também tem direito a sonhar. A época passada ficou-se pelos quartos.

tags:

publicado por andre--- às 17:12
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 27 de Janeiro de 2011

Bis de Cardozo colocou Benfica nas meias finais

ENCARNADOS ELIMINARAM RIO AVE EM VILA DO CONDE

 

TAÇA DE PORTUGAL - QUARTOS-DE-FINAL

 

RIO AVE - BENFICA

 

Em apenas dois jogos no Estádio dos Arcos em Vila do Conde, marcaram-se " sete " grandes penalidades. Três (uma para o Rio Ave e duas para o Vitória) no último jogo dos vilacondenses na Liga Zon Sagres diante do Vitória de Guimarães (ganhou por 3-2). E ontem, marcaram-se mais quatro - uma a favor da equipa da casa, e as restantes a favor do Benfica. No entanto, apenas uma delas foi transformada em golo.

 

João Tomás falhou a primeira penalidade da noite. Os encarnados desperdiçaram duas (Cardozo e David Luiz). Com este triunfo (que só ficou consumado nos últimos minutos), o Benfica irá defrontar o Porto (vencedor do troféu nas última duas edições) nas meias-finais (duas mãos, uma delas já na próxima semana). O primeiro jogo será realizado no Dragão.

 

O Rio Ave, que atravessa uma fase complicada, já não vence qualquer jogo à várias jornadas, pouco fez para discutir uma vaga nas meias-finais da competição, fase que alcançou a temporada passada, após ter ido a Braga eliminar a equipa local de forma surpreendente. Ontem, e apesar de o resultado só ter ficado resolvido nos últimos minutos (Cardozo rematou e contou com a preciosa ajuda de Tarantini que colocou a cabeça à bola, e traiu Mário Felgueiras - minuto 87), a formação da casa foi durante todo o jogo inofensiva sempre que conseguiu chegar ao último reduto encarnado.

 

O Benfica foi sempre superior. Jogou melhor e teve mais e melhores ocasiões. O resultado não merece qualquer contestação, privada de alguns titulares, e com dez portugueses em campo, o Rio ave de Carlos Brito, que acompanhou todas as incidências na bancada devido a castigo, foi incapaz de contrariar o Benfica de Jorge Jesus, que seguiu em frente de forma natural, em relação ao que se passou em campo.

tags:

publicado por andre--- às 17:45
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 23 de Janeiro de 2011

Bom futebol, golos, sustos e picardias

O QUE PARECIA FÁCIL ACABOU DE FORMA TREMIDA

 

LIGA ZON SAGRES - 17ª JORNADA

 

BENFICA - NACIONAL

 

Os noventa minutos de futebol que Benfica e Nacional proporcionaram a quem acompanhou o jogo, pareciam ter sido retirados de um argumento cinematográfico (daqueles com um final feliz. O encontro que permitiu ao Benfica somar a sétima vitória consecutiva na competição, e continuar a sonhar com a revalidação do título, teve bom futebol, seis golos, um pequeno susto para a equipa da casa (tudo acabou bem) e uma picardia entre Jorge Jesus e Luís Alberto, isto já após o apito final de Rui Costa. Jorge Jesus visivelmente nervoso, perdeu a cabeça e chegou mesmo a agredir (entre aspas) o médio insular.

 

O Benfica chegou à vantagem bastante cedo : minuto oito. Mas, antes disso, até tinha sido a equipa de Jokanovic a entrar melhor no jogo da Luz. Diego Barcellos permitiu a Roberto uma bela intervenção. Na resposta, o ataque encarnado, que teve largos períodos onde mostrou futebol de grande nível, construiu o primeiro da noite. Sálvio arrancou pela direita (sofreu grande penalidade que Rui Costa deixou passar), Saviola rematou para defesa de Bracalli, e Gaitán, no sítio certo abriu o marcador. Aos 20 minutos foi a vez de Sidnei, com uma cabeçada fortíssima ampliar a vantagem, num lance que o guardião insular foi mal batido.

 

Já no segundo tempo, aos 51 minutos, os encarnados chegaram ao terceiro por Cardozo. Saviola impediu que a bola transpusesse a linha final, Luisão com um toque de calcanhar deixou Cardozo isolado que, com a biqueira da bota fez a bola passar por entre o corpo de Bracalli, em cima da linha, Cardozo deu o toque final. Com três golos de vantagem, ter-se-á pensado que o jogo estava resolvido. O Benfica abrandou, o Nacional foi-se chegando e reduziu por duas vezes. Primeiro aos 76 por Luís Alberto, e aos 85 por Mihelic. Durante quatro minutos, pensou-se no pior, até que Jara matou finalmente o jogo com um golo de cabeça (após cruzamento de Saviola) aos 89. Saviola, mais uma vez, foi a chave do sucesso. Esteve em três dos quatro golos. 

tags:

publicado por andre--- às 14:35
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Liga Europa - O adversári...

. Um ponto final na maldiçã...

. Bis de Cardozo colocou Be...

. Bom futebol, golos, susto...

. Vitorioso mas pouco convi...

. Poder de fogo sul america...

. Benfica despediu-se de 20...

. Resultado superou a exibi...

. Isolado no segundo lugar

. Goleada na Luz

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

.tags

. todas as tags

.links

origem
Directorio de Blogs Portugueses
Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
online
blogs SAPO

.subscrever feeds