Sábado, 20 de Novembro de 2010

Liga Espanhola ao rubro

RIVAIS SEPARADOS POR APENAS UM PONTO

 

A Liga Espanhola, uma das melhores do mundo (para muitos a melhor), segue ao rubro, muito por culpa das prestações extraordinárias de dois dos maiores colossos do futebol mundial, o Barcelona e o Real Madrid, que seguem separados por apenas um ponto. Inperdível está também a luta pelo topo dos marcadores, com uma ligeira vantagem de Ronaldo (13 golos) sobre Messi (11 golos). Com as goleadas de hoje, as duas equipas vão disputar o grande clássico separadas por apenas um ponto. O que faz, com que este, seja um dos clássicos mais esperados de sempre do futebol espanhol.

 

Antes do grande jogo, não há dúvidas de que qualquer uma das duas equipas está num momento de forma soberbo. O Barça aplicou uma das maiores goleadas desta época do futebol europeu, e a maior da Liga Espanhola, ao vencer fora, no terreno do Almería por incríveis 8-0. O Real não se sentiu nada pressionado e respondeu com um triunfo por 5-1, na recepção ao Atlético de Bilbao. Ronaldo tal como Messi, apontou um " hat-trick ". Um grandioso jogo em perspectiva na próxima jornada do campeonato espanhol - um autêntico " partidasso " como dizem os espanhóis !

tags:

publicado por andre--- às 23:46
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 25 de Outubro de 2010

Sporting e Benfica vencem pela margem mínima

ABEL E JAVI GARCIA FORAM DECISIVOS

 

LIGA ZON SAGRES - 8ª JORNADA

 

O Sporting regressou aos triunfos na Liga Zon Sagres, após quatro jornadas. Abel, já muito perto do final, conseguiu bater o guardião do Rio Ave, Paulo Santos. No Estádio do Algarve, foi o espanhol Javi Garcia que marcou de cabeça num lance de bola parada, consentindo assim o quarto triunfo consecutivo à equipa de Jorge Jesus no campeonato.

 

SPORTING - RIO AVE

 

Na ressaca da vitória europeia, o Sporting voltou a passar por grandes dificuldades (tem sido habitual) num jogo do campeonato nacional. Oportunidades de golo não faltaram, mas só apareceram com alguma frequência nos últimos quinze minutos, quando a equipa leonina encostou às cordas o " aflito " Rio Ave, que ocupa o último lugar, e foi a Alvalade em busca de um pontinho - esteve perto de o conseguir. A história do Sporting - Rio Ave foi quase idêntica à de outros jogos, quase, porque desta vez o Sporting ganhou mesmo.

 

Falta de eficácia e de sorte, foram os condimentos principais. Bolas nos ferros foram três. Hélder Postiga a atravessar um bom momento, acertou por duas vezes nos ferros. Foi já em desespero (muito coração e pouca cabeça) que a equipa chegou à vantagem. Remate cruzado de Abel aos 89 minutos, com algumas culpas para Paulo Santos, que deu os três pontos ao Sporting, depois de três empates (dois deles em casa) e uma derrota. Vitória que permitiu à equipa subir alguns degraus na tabela classificativa e juntar-se ao grupo das equipas que já amealharam 12 pontos.

 

 

PORTIMONENSE - BENFICA

 

Ainda não foi desta que a formação algarvia conseguiu bater o Benfica em jogos do campeonato. Um golo solitário do médio espanhol Javi Garcia logo nos minutos iniciais do segundo tempo, conferiu o quarto triunfo consecutivo ao campeão nacional, que desta forma se isolou no segundo lugar com quinze pontos, fugindo a equipas como a Académica e o Braga, que têm menos um ponto. Um dos principais destaques do encontro foi o guarda-redes português Ventura, que com um conjunto de belas intervenções foi adiando o golo do Benfica.

 

O Portimonense até entrou melhor no jogo. Candeias, um dos quatro jogadores que pertencem aos quadros do Porto, criou alguns problemas no lado direito da defesa encarnada. Dotado de uma técnica razoável e de boa velocidade, Candeias foi durante algum tempo um enorme quebra-cabeças para o uruguaio Maxi Pereira (em baixo de forma claramente). Após os minutos iniciais com alguns ascendente do Portimonense, o Benfica foi tomando conta do jogo e dispôs das melhores oportunidades. Já na segunda parte Jara falhou por duas vezes de forma escandalosa. Vitória que podia ter sido mais ampla, se Ventura não tivesse brilhado, principalmente na primeira parte.

tags:

publicado por andre--- às 17:33
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 5 de Outubro de 2010

Empates forasteiros de Sporting e Porto

SPORTING CONTINUA SEM VENCER/PORTO ESCORREGOU EM GUIMARÃES

 

LIGA ZON SAGRES - 7ª JORNADA

 

O maior beneficiado da sétima jornada foi o Benfica de Jorge Jesus. É que além de ter recebido e vencido na Luz o Sporting de Braga, ainda viu os outros dois crónicos candidatos ao título escorregarem nas deslocações que fizeram. O Sporting empatou a um golo em Aveiro, frente ao Beira-Mar. Enquanto que o Porto viu o seu trajecto sem por cento vitorioso ser interrompido no Afonso Henriques diante do Vitória. Os azuis-e-brancos empataram a uma bola e não conseguiram alcançar a décima segunda vitória em outros tantos jogos. A vantagem face ao Benfica é agora de sete pontos.

 

BEIRA-MAR - SPORTING

 

O Sporting ao deixar dois pontos em Aveiro, numa das partidas que se realizou ontem, aumentou para quatro o número de jogos sem vencer na Liga Zon Sagres. O leão venceu pela última vez, estávamos nós na terceira jornada. Triunfo folgado na Figueira da Foz ante a Naval 1º de Maio por 3-1. Depois disso, seguiram-se três empates (Olhanense, Nacional e Beira-Mar) e uma derrota (Benfica). Á passagem da sétima jornada, a formação de Alvalade ocupa a décima posição com apenas nove pontos ! Menos 10 que o líder Porto, e menos três que o eterno rival, Benfica. Os golos surgiram já nos últimos dez minutos do primeiro tempo.

 

O Beira-Mar colocou-se em vantagem aos 38 minutos com um livre directo cobrado pelo brasileiro Renan, que com um remate a uns bons " trinta metros " inaugurou o marcador. Vantagem injusta, face à produtividade do emblema da casa. Muitas culpas para Rui Patrício que podia e devia ter feito mais no lance do golo. Respondeu o Sporting por João Pereira aos 41 minutos. Péssima abordagem de Hugo na disputa de bola com Hélder Postiga, que ao levar a melhor sobre o defensor aveirense, assistiu o internacional português para o empate. Hugo a ficar mal na fotografia. O duo Postiga/Pereira aproveitou as facilidades para restabelecer a igualdade.

 

Se na primeira parte, Héder Postiga e Rui Rego travaram um duelo interessante, no segundo tempo o jogo não foi muito diferente. Rego com um conjunto de boas intervenções foi evitando o empate. O Beira-Mar já nos últimos 10/15 minutos tentou explorar o balanceamento do Sporting para o ataque, e podia ter chegado ao golo da vitória. Teria sido injusto. Apesar de ter disposto de algumas oportunidades, foi ao Sporting que pertenceram as melhores e em maior número. Rego segurou o empate. Continuamos a ter um Sporting de duas caras. Um Sporting que practica um futebol aceitável nas competições europeias (Liga Europa), e ganha jogos (duas vitórias em duas jornadas) e um outro Sporting que, na Liga Portuguesa, continua muito aquém das expectativas. E Já não vence há quatro jornadas.

 

 

GUIMARÃES - PORTO

 

O Porto cedeu um empate a um golo num jogo (em que André Villas-Boas foi bastante critico com a arbitragem, mas sem razão aparente) de grande expectativa no Berço de Portugal. O Vitória de Guimarães, comandado por Manuel Machado, pode-se orgulhar de ter sido a primeira equipa a travar o Porto de André Villas-Boas na época 10/11. Depois de onze triunfos em outros tantos jogos, os azuis-e-brancos foram travados no Afonso Henriques, numa partida que chegaram a estar em vantagem. Ainda assim, e após este empate, a diferença pontual para os concorrentes directos continua a ser significativa : sete pontos ! O Vitória foi também a primeira equipa a marcar um golo ao Porto em jogos disputados fora do Dragão. O marroquino Faouzi, foi o autor da proeza.

 

Hulk apontou o primeiro golo (minuto 30) da noite (o seu sexto golo em seis partidas no campeonato). Uma jogada individual bem ao seu estilo, colocou os dragões na frente do marcador. Minutos antes, Toscano havia falhado uma ocasião flagrante. O jogo foi divido, mas Nilson teve sempre mais trabalho que Helton, e na primeira parte fez duas defesas de grande qualidade. A remates de Hulk e Moutinho, que podiam muito bem ter acabado com o jogo. Minuto 64, golo do empate. Faouzi fugiu sobre a esquerda, conseguiu passar por Fucile (culpas na forma como deixou o adversário fugir) e com Helton pela frente com toda a calma e classe do mundo fez a bola entrar nas redes do Porto. Houve ainda tempo para duas expulsões. Aos 79 minutos foi Fucile. E logo depois foi o técnico dos azuis-e-brancos, André Villas-Boas que foi expulso pela árbitro da partida, Carlos Xistra.

 

No Flash interview, o treinador portista mostrou-se bastante critico e revoltado com o trabalho da equipa de arbitragem, na minha opinião sem razão. Villas-Boas queixa-se de uma grande penalidade favorável à sua equipa na segunda parte (lance que resultou na sua expulsão) na sequência de um pontapé de canto. Realmente a bola parece tocar na mão/braço de um jogador, só que esse jogador é Ruben Micael. Não há grande penalidade. Fucile também foi bem expulso. O único lance que a equipa de arbitragem errou foi fora-de-jogo mal tirado ao colombiano Falcao, nos instantes finais. O atacante do Porto isolava-se. No entanto, há uma grande penalidade a favor do vitória na segunda parte sobre Edgar. Falta clara de Fucile sobre o jogador brasileiro. Não assinalada. Dois erros ! Um para cada lado ! Não há razão para tanta alarido da parte do técnico do Porto !

tags:

publicado por andre--- às 17:35
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 26 de Setembro de 2010

Triunfos dos candidatos

COENTRÃO E HULK FORAM DECISIVOS

 

LIGA ZON SAGRES - 6ª JORNADA

 

MARÍTIMO - BENFICA

 

Um golo de Fábio Coentrão (o jogador encarnado que está em melhor forma), já na segunda parte, permitiu ao Benfica somar a sua primeira vitória (1-0) fora de portas esta época (segunda consecutiva na Liga e a terceira nos últimos três encontros). A formação de Jorge Jesus tinha sido derrotada nas deslocações anteriores. Na Choupana frente ao Nacional e no Afonso Henriques diante do Vitória de Guimarães. À terceira foi de vez !

 

Apesar de ter sofrido até final (vencia pela margem mínima), o Marítimo causou poucos problemas ao campeão nacional, e podia ter sido goleado, caso a linha mais avançada tivesse sido bem mais eficaz. Óscar Cardozo e Saviola desperdiçaram ocasiões flagrantes. No lado do Marítimo deve-se destacar a exibição do médio Danilo Dias.

 

Os insulares apesar de terem trocado de treinador, continuam sem vencer e vão manter abaixo da linha de água com dois pontos em seis jornadas. A equipa da Luz com este triunfo passou a somar nove pontos e subiu alguns degraus da tabela classificativa. Na próxima jornada há um Benfica - Braga ! Certamente o duelo mais apetecido da ronda número sete.

 

PORTO - OLHANENSE

 

Otamendi estreou-se com um golo. O defesa argentino apontou o primeiro golo da formação azul-e-branca. Estreia de sonho. Depois de uma pré-época em que os resultados não foram muito animadores, poucos acreditariam que o Porto fosse capaz de iniciar a temporada de forma " avassaladora ". Os portistas contam por vitórias todos os encontros que disputaram até ao momento : dez ! Sublime !

 

Ontem, no Dragão, a vitima foi o Olhanense. Dois golos no primeiro tempo foram suficientes para que o líder somasse a sua sexta vitória na prova.Hulk foi quem mais brilhou. Depois de uma boa jogada individual bem ao seu estilo, obrigou Moretto a defesa apertada, o estreante Otamendi (que substituiu Maicon no onze) estava no sítio certo e limitou-se empurrar para o fundo da baliza do Olhanense.

 

O segundo golo chegou pela autoria de Hulk (artilheiro da competição com 5 golos em 6 jogos), desatenção de Maurício, que colocou a bola nos pés do Brasileiro e este só com Moretto pela frente aumentou a vantagem. Na segunda parte o Porto geriu o resultado, e passou a controlar a partida. Baixou o ritmo e deixou o tempo passar. A vitória já não fugia. O Porto detém agora o melhor ataque e a melhor defesa, que pertencia ao conjunto algarvio. Quem é que para este dragão ?!

tags:

publicado por andre--- às 14:05
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Liga Espanhola ao rubro

. Sporting e Benfica vencem...

. Empates forasteiros de Sp...

. Triunfos dos candidatos

. Sporting escorrega/Porto ...

. Triunfos caseiros de Spor...

. Arrancou a nossa Liga

. Liga Zon Sagres 10/11 - L...

. As prioridades de Fernand...

. Liga Sagres 09/10 - Um ol...

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

.tags

. todas as tags

.links

origem
Directorio de Blogs Portugueses
Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
online
blogs SAPO

.subscrever feeds