Domingo, 19 de Setembro de 2010

Uma surpresa chamada Olhanense

JARDEL E VINICIUS SÃO JOGADORES A SEGUIR COM ATENÇÃO

 

Escrever sobre o Olhanense é sempre um grande privilégio e motivo de orgulho para mim, não o vou fazer por ser o clube do meu coração, mas sim porque merece. Por esta altura é uma das grandes surpresas da Liga 10/11. Terceiro classificado (nove pontos) e invicto à cinco jornadas, com apenas um golo sofrido, que lhe permite ter a melhor a defesa prova, são motivos mais do que suficientes para dar destaque a este histórico do futebol algarvio e português. Sobe o comando de Daúto Faquirá, os leões de Olhão têm conseguido surpreender neste arranque de temporada.

 

O Olhanense versão 10/11, é uma formação completamente diferente da equipa da temporada transacta. Se na época passada o Olhanense dava espectáculo e jogava quase sempre o jogo pelo jogo com qualquer adversário, este temporada essa ideia de jogo não encaixa na estratégia de Daúto. A equipa deste ano aposta num estilo de jogo bem mais contido, sobretudo nos jogos fora de portas. Privilegia a organização defensiva, e opta por transições mais rápida na hora de atacar o opositor. Com o melhor plantel dos últimos cinco anos, e um dos mais experientes, é uma equipa bem mais competente na hora de defender.

 

Com Jorge Costa era um conjunto que tinha como objectivo tomar conta do jogo, gerir a posse e circulação de bola, mas sempre com grandes dificuldades na hora de fechar a sua retaguarda. Para não falar da falta de experiência, que em certos jogos fizeram a diferença. No sector defensivo saíram jogadores como : Ventura, Tengarrinha ou Miguel Ângelo. Entraram : Moretto, Maurício e Jardel. Os dois primeiros jogadores acima dos 30 anos, que concedem à equipa outra maturidade. Na linha média não há Castro ou Rui Baião, mas chegaram boas opções : Fernando Alexandre, Vinicius, Lulinha, Nuno Piloto ou Cadu.

 

No ataque, Jorge Gonçalves, Adilson e Yontcha juntaram-se a Djalmir, Toy e Paulo Sérgio. A saida de Ukra foi bem colmatada. Maurício e Jardel têm formado uma dupla de centrais extremamente eficaz. São jogadores corpulentos, fortes no jogo aéreo, que se complementam. Vinicius é um todo-o-terreno. Movimenta-se com grande facilidade pela linha média. Faz qualquer um das três posições. É o pulmão do meio-campo. Jorge Gonçalves é um jogador incansável, que ocupa bem o espaço, e bastante inteligente a nível táctico. Paulo Sérgio continua em bom plano.

 

Djalmir terá de lutar pelo lugar com Yontcha, jogador diferente do finalizador brasileiro. Jogador de boa capacidade física que se movimenta com grande facilidade, abre espaços, e desgasta bastante as defesas contrárias. O Olhanense joga num 4x3x3 que facilmente se transforma num 4x2x3x1 quando ataca. É uma equipa interessante do ponto de vista táctico. Menos vistosa que na época passada, mas mais competente tactica e defensivamente. Bom trabalho de Daúto até ao momento. Principalmente na forma como escolheu os jogadores, e como construiu a equipa - bem à sua imagem ! Jogadores a seguir : Jardel e Vinicius. Dois talentos à solta, que andavam pelas divisões secundárias.

tags:

publicado por andre--- às 15:24
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 4 de Maio de 2010

Obrigado Olhanense !!!

MANUTENÇÃO ASSEGURADA - EU SEMPRE ACREDITEI

 

Como grande apaixonado que sou pelo Olhanense (clube da minha cidade), não consigo esconder a satisfação imensa que senti, pela permanência alcançada no domingo em Olhão, diante do Leixões, pelo clube do meu coração : o Olhanense !!! Merece a cidade, o clube, a direcção, os jogadores e estes olhanenses incansáveis. O ambiente no estádio, (antes, durante e depois) mostrou bem a paixão que esta cidade tem pelo clube. Os olhanenses responderam à altura. Compareceram em massa, para apoiarem a equipa do primeiro ao último minuto. Estes últimos dois anos foram soberbos. Depois da súbida, a manutenção. Não foram fáceis. Mas foram possíveis com muita luta, muito sacríficio, muito querer e muita força.

No domingo, assisti a 90 minutos de grande intensidade. Muitos nervos, alguns sustos, mas no fim, fez-se justiça mais uma vez. Se o Olhanense não tivesse assegurado a manutenção, teria sido uma injustiça enorme. Quem acompanhou o trajecto das equipas que lutavam pela manutenção, é unânime. O Olhanense foi um (se não o melhor) dos conjuntos que melhor futebol practicou. Mostrou a muitas outras equipas, que é possível alcançar o objectivo da manutenção, sem recorrer aos habituais autocarros (procurando o pontinho). Jogando bom futebol. Jogando de forma ofensiva. Sem se fechar lá atrás o jogo todo. Também mostrou que é perfeitamente possível, uma equipa subir e conseguir manter-se no escalão máximo do futebol português.

No domingo, assim que o Pedro Proença (árbitro do encontro) apitou pela última vez, senti a mesma felicidade, a mesma alegria, a mesma satisfação, que tinha sentido há um ano atrás quando terminou o Gondomar - Olhanense. Foram sensações indescritíveis. Só passando por elas, para se ter uma ideia. Ver o Olhanense entre os grandes é sensacional. Poder ir ao estádio ver as melhores equipas do país (como aconteceu ao longo da temporada), é estupendo para alguém como eu, que ama o Olhanense e o futebol. Palavras de agradecimento a todos os jogadores que nos proporcionaram este feito. Sobretudo ao Djalmir que, a seguir ao Jardel, foi o melhor cabeceador que vi em Portugal. E, mesmo com 34 anos, continua a ser de uma importância extrema na equipa. Enorme profissional. Practicamente só jogou na segunda volta, e já leva 10 golos. O que me leva a afirmar que se não tivesse lesionado, o Olhanense estaria melhor classificado.

Elogiar o magnífico trabalho do Jorge Costa. Em apenas duas temporadas, subiu e manteve a equipa no escalão principal.
Ainda não se sabe qual será o seu futuro (eu acredito que ele sai no final da época). Desejo-lhe as maiores felicidades para o resto da sua carreira. O que conseguiu em Olhão, em apenas dois anos, foi assinalável. E, é sempre bom relembrar que, esta temporada, o histórico algarvio foi o emblema com o orçamento mais baixo da prova. Sobre os jogadores que estão emprestados pelo Porto, para mim, só o Castro é que merece uma oportunidade no plantel azul-e-branco na próxima época. Os outros na minha opinião, ainda não o justificam. É só a minha opinião e vale o que vale. Já só falta a subida do Portimonense, para a temporada fechar em beleza !!!

tags:

publicado por andre--- às 17:30
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sábado, 18 de Julho de 2009

Gostei de ver

Gostei de ver ontem o meu Olhanense no Torneio do Guadiana frente aos Belgas do Anderlecht. Vencemos por 2-1, e hoje iremos medir forcas com o Benfica na final. No primeiro jogo de pré época, não fomos alem de um empate a uma bola, com um dos nossos rivais, o Portimonense, no entanto a equipa portou se bem, e deixou boas indicações. Ontem a formação comandada pelo técnico Jorge Costa, voltou a deixar os adeptos Olhanenses com as expectativas em alta, em relação à nova época.

 

Ao contrario daquilo que o Bicho (Jorge Costa) disse no flash interview, não vencemos o campeão Belga, mas sim o vice campeão, o que é sempre de salientar. Não fosse o Anderlecht um dos históricos do futebol Belga e, europeu. É claro que estas vitorias não contam para nada, porem é sempre melhor vencer do que empatar ou perder. São os triunfos que colocam a moral dos jogadores, e não só, em alta. E não é todos os dias que se tem a oportunidade de defrontar e, vencer o vice campeão Belga. Os melhores jogadores deles estavam lá todos. Há, e os belgas já estão numa fase mais adiantada de preparação, por causa da pré eliminatória da Champions League.

 

O mais importante nestes jogos, são : afinar os aspectos tácticos, apurar a condição física dos jogadores, fazer as tais experiencias, rotinar os jogadores e, a equipa, observar com especial atenção jogadores que estejam à experiencia, trabalhar os três sectores da equipa, etc. E em todos esses aspectos penso que o Jorge tem tido algum sucesso.

 

Para mim o grande destaque foi a exibição de um dos novos reforços, o Português Zequinha, autor de um grande golo e, de uma assistência. Também gostei do Miguel Garcia, apesar de de ter franzido o nariz, quando soube que ele estava a treinar com a equipa. Com a vinda de pelo menos mais três jogadores : um central, um lateral direito, e um avançado, vamos ficar com um plantel razoável. Continuo a acreditar cada vez mais nesta equipa técnica e neste plantel.

tags:

publicado por andre--- às 16:12
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 17 de Maio de 2009

Olhanense vence a liga vitalis e regressa ao escalao maximo do futebol portugues 35 anos depois

Desde que eu me comecei a interessar por futebol, e a gostar cada vez mais ate hoje, que já tive muitas alegrias, e algumas desilusões. Hoje, posso dizer que tive a maior alegria de todas elas. O meu olhanense conseguiu finalmente subir ah primeira divisão do futebol português, 35 anos depois. Alem de ter garantido a subida ao escalão máximo do futebol português , conquistou mais um troféu. Venceu a liga vitalis , quando ainda falta uma jornada para terminar a competição . A subida ah primeira divisão , eh um sonho antigo, tornado realidade, não só meu, mas de toda esta cidade. Na próxima época , vamos estar entre os grandes do nosso futebol. Merece o clube, merece a região , e a massa adepta, que tem sido incansável no apoio ah equipa. O Algarve também faz parte do pais, e merece estar representado, o que já não acontecia ah sete anos. A subida ate nem era o principal objectivo, mas a magnifica temporada que a equipa foi realizando, deu a entender, que poderíamos finalmente lutar pela subida, e foi o que aconteceu. O olhanense teve altos e baixos como qualquer equipa, mas foi inegavelmente uma das, ou ate, a equipa mais regular da liga. Andou praticamente toda a época nos lugares que dão acesso ao campeonato principal. A duas jornadas do final da prova, a equipa precisava apenas de uma vitoria. Triunfo esse que foi obtido em Gondomar , perante mais de 600 olhanenses eufóricos. A partida não se fazia prever nada fácil , o Gondomar a jogar em casa, também procurava a vitoria, devido ah luta pela manutenção . No entanto, foi o olhanense que levou a melhor, o cronometro marcava o minuto 76, quando o cabo verdiano toy , marcou o único golo do encontro. Um golpe de cabeça do jogador que já passou pelo Benfica , carimbou a vitoria, e a subida, numa altura em que a equipa estava reduzia a dez elementos. Ate final da partida, também djalmir foi expulso do encontro, o mesmo sucedeu com jorge costa. Eh um feito enorme, o olhanense com um dos orçamentos mais baixos da liga vitalis, alem de ter conseguido a subida, venceu a competicao, numa epoca historia, e memoravel, para recordar daqui a muitos anos. Moss !!! La subimos pah primeira moh !!!

tags:

publicado por andre--- às 18:00
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Uma surpresa chamada Olha...

. Obrigado Olhanense !!!

. Gostei de ver

. Olhanense vence a liga vi...

. Olhanense um exemplo a se...

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

.tags

. todas as tags

.links

origem
Directorio de Blogs Portugueses
Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
online
blogs SAPO

.subscrever feeds