Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009

Os outros destaques da Liga Sagres - Jornada 5

A jornada cinco da Liga Sagres arrancou em Matosinhos, no estádio do mar, com o Leixões - Vitória de Guimarães. A equipa da casa venceu por 3-1 e, alcançou o primeiro triunfo na prova. O Vitória ainda conseguiu chegar à igualdade antes do intervalo, por Nuno Assis, mas no segundo tempo sofreu mais dois golos e, averbou a segunda derrota na Liga. Cinco, são o número de pontos amealhados pelas duas formações. Estas, são duas das equipas que mais surpresa têm causado pela negativa nas jornadas iniciais. Na temporada anterior por esta altura, tanto uma como outra, já tinha conquistado mais pontos. O Leixões tinha o dobro dos pontos, enquanto que o Guimarães tinha mais três.

 

O Paços de Ferreira, finalista vencido na Taça de Portugal e na Supertaça Cândido de Oliveira, faz parte da lista de equipas que ainda perseguem a primeira vitória no Campeonato. Na quinta jornada, a jogar em casa, não foi além de um empate a um golo, com uma das sensações da Liga desta época : o Rio Ave. Os dois golos foram apontados nos últimos 10 minutos do encontro. A formação orientada por Carlos Brito ainda se colocou em vantagem, só que os castores responderam com o golo da igualdade e, somaram mais um empate, o quarto. E são para já os reis dos empates. Em grande continua o Rio Ave, ainda não perdeu e, ocupa o quinto lugar com 9 pontos.

 

Quem também anseia por triunfos são os estudantes. Mais uma jornada sem conhecer o sabor da vitória. Académica e Belenenses dividiram os pontos no estádio Cidade de Coimbra. Noventa minutos de futebol resultaram num empate a uma bola. A Académica até iniciou o desafio de forma prometedora. Aos 5 minutos inaugurou o marcador por intermédio de um dos melhores jogadores do seu plantel : Miguel Pedro. Na segunda parte Diakité empatou o jogo e, complicou ainda mais a situação da Académica, que na última temporada, terminou a competição na sétima posição. Com cinco jornadas completa ocupo o 15º posto da tabela classificativa. Não irei ficar nada surpreendido se Rogério Gonçalves, treinador dos estudantes, for alvo da próxima chicotada psicológica.

 

A estreia de Augusto Inácio (substituto de Ulisses Morais) no comando da sua nova equipa, a Naval 1º de Maio, não foi nada auspiciosa. A formação da Figueira da Foz perdeu por 1-0 no Municipal Bento Pessoa, ante o Vitória de Setúbal, que também contou com um novo líder. Quim, antigo jogador do clube, orientou os Sadinos na Figueira da Foz, sucedendo a Carlos Azenha, técnico anterior. O Polaco Kazmierczak apontou aos 28 minutos da primeira parte o golo que valeu a primeira vitória aos Setúbal. A Naval tal como o Paços de Ferreira e a Académica, continua sem vencer e, mantêm-se como lanterna vermelho, com apenas um ponto conquistado. Augusto Inácio tem muito trabalho pela frente.

 

Foi um dos resultados mais surpreendentes da ronda. Quem assistiu ao derby insular sabe bem do que estou a falar. O Europeu Nacional da Madeira venceu na Choupana o rival Marítimo por 2-1. A equipa da casa averbou a sua primeira vitória na Liga desta temporada. Surpresa, foi o facto do conjunto de Manuel Machado ter jogado os segundos 45 minutos com menos uma unidade, devido à expulsão do médio Brasileiro, Luís Alberto. O herói da noite foi o atacante canarinho Edgar, que bisou e deu os três pontos ao Nacional.

 

GOLO DA JORNADA

 

Castro - Olhanense

 

O segundo golo da turma Algarvia no encontro de Alvalade, jogo que fechou a jornada número cinco. Remate estupendo de meia distância do médio Português emprestado pelo Porto. Pontapé indefensável para Rui Patrício. Um dos golos que vai figurar no álbum da época 09/10.

 

O golo do Brasileiro Alan, no desafio Braga - Porto, que rendeu mais uma vitória e a liderança aos Minhotos, seria o eleito se Castro não tivesse marcado aquele grande golo. Neste tipo de escolha também se deve ter em conta a intenção e, neste caso não existem dúvidas, só um deles foi intencional.

 

ONZE DA JORNADA

 

Guarda redes - Eduardo - Braga

Defesa esquerdo - Ricardo - Paços de Ferreira

Defesa direito - Mano - Belenenses

Defesa central - Zoro - Setúbal

Defesa central - Moisés - Braga

Médio centro - Castro - Olhanense    

Médio centro - Pateiro - Leiria

Médio ofensivo - Mossoró - Braga

Avançado - Alan - Braga

Avançado - Rabiola - Olhanense

Ponta de Lança - Edgar - Nacional

tags:

publicado por andre--- às 17:20
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 9 seguidores

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Desertor - com ou sem raz...

. Witsel é um luxo

. Um olhar sobre os candida...

. Fará Luisão assim tanta f...

. Liga Europa - O adversári...

. Liga Europa - O adversári...

. Liga Europa - O adversári...

. Um ponto final na maldiçã...

. Liverpool no caminho do B...

. Só resta a Taça da Liga

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

.tags

. todas as tags

origem
SAPO Blogs

.subscrever feeds