Sexta-feira, 9 de Outubro de 2009

Recordando o passado - O número 6 ideal

É Argentino e chama-se Fernando Redondo, quem lê este nome não consegue ficar indiferente. Especialmente, todos aqueles que acompanham o futebol mais detalhadamente. Infelizmente já abandonou os relvados há vários anos. Marcou toda uma geração de jogadores que atuam à frente da linha defensiva, como tão bem ele fazia. O seu último clube foi o Milan. Vestiu ainda a camisola dos Argentinos Juniors e do Tenerife, além das camisolas da selecção Argentina e do Real Madrid. Foi em Madrid que conheceu os seus melhores anos. Sagrou-se Bi Campeão Europeu ao servico do clube da capital Espanhola nas temporadas de 97/98 e 99/00.

 

Quem o viu jogar e, acompanhou o seu trajecto, toda a sua carreira, tem de concordar, quando se diz que que Fernando Redondo foi o protótipo do médio defensivo ideal. Um jogador por excelência. Elegância, classe e muito talento, fizeram deste jogador sul americano um exemplo a seguir. É um dos jogadores que sinto mais falta de ver jogar. Uma verdadeira delícia para todos os amantes do desporto rei. Cabeça levantada, arrumando o meio campo, construindo o jogo da sua equipa, um verdadeiro patrão. Um autêntico número 6 moderno.

 

Há jogadores que ficam na história por tudo aquilo que deram ao futebol, Redondo é um deles. Um jogador memorável. Sorte do Real Madrid que contou com o médio defensivo esquerdino durante seis épocas. O antigo número 6 dos blancos, faz parte daquela lista de jogadores que vão permanecer para sempre na memória de quem ama o futebol. Pena a quantidade de leões que lhe atormentaram a carreira. Podia ter dado mais qualquer coisa ao " Beautiful Game ".

 

Inteligência táctica, certeza no passe e, uma técnica acima da média, fizeram de si um dos melhores da sua geração. Redondo jogava sempre sozinho, o único pêndulo do onze. Uma das piores decisões que qualquer treinador podia tomar, era a de colocar outro jogador ao seu lado. Ele sozinho dava conta do recado. Rendia muito mais sem ninguém perto do seu habitat natural. Uma frase sua tornou-se célebre -  “Sou trinco porque é a melhor posição. Ali se cruzam todos os caminhos. Se Cristo tivesse jogado futebol escolheria esse lugar.” Um jogador inesquecível. Presença garantida no meu onze ideal de sempre !!!

tags:

publicado por andre--- às 17:25
link do post | favorito
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 9 seguidores

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Desertor - com ou sem raz...

. Witsel é um luxo

. Um olhar sobre os candida...

. Fará Luisão assim tanta f...

. Liga Europa - O adversári...

. Liga Europa - O adversári...

. Liga Europa - O adversári...

. Um ponto final na maldiçã...

. Liverpool no caminho do B...

. Só resta a Taça da Liga

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

.tags

. todas as tags

origem
SAPO Blogs

.subscrever feeds