Segunda-feira, 12 de Outubro de 2009

O lado negro do futebol

Intenso, Polémico, muito polémico, foi o encontro entre Argentinos e Peruanos, na zona sul americana. Partida que os comandados do irreverente Diego Armando Maradona, venceram em casa por 2-1. Desafio esse, que já fez correr muita tinta e, que continua a dar que falar.

 

A Argentina de Maradona e dos benfiquistas Aimar e Di Maria é, uma das selecções que podem falhar a presença no mundial da África do Sul. Continuam numa situação bastante complicada apesar de terem vencido na penúltima jornada. Como se isso não bastasse, o último jogo, decidido com um golo de Martin Palermo, ficou manchado pelas afirmações graves de Roberto Palacios : médio de 36 anos do Sporting de Cristal do Peru.

 

O internacional Peruano, afirma ter sido abordado por jogadores Argentinos, entre os quais o capitão da formação albiceleste " para baixar os braços. " «O Mascherano disse-me que a situação era complicada, e pediu para baixarmos os braços. Pedia para acabar com o jogo. Não sabia como controlar-nos. Disse-lhe apenas que gostava muito de os ajudar, mas que não podíamos, pois tínhamos feito uma qualificação muito má», disse o jogador, em declarações a um jornal.

 

As declarações de Palacios ainda foram mais além, quando este se referiu à arbitragem . «É triste perder assim. Pedem-nos para baixar os braços, para não jogarmos mais, e depois o árbitro ainda ajuda o adversário e empurra-te para a tua área. Não se pode fazer muito mais.» O lateral esquerdo da Fiorentina, Juan Vargas, também não ficou indiferente. "Houve um penalty claro e ele não marcou. " Referindo-se ao árbitro do jogo, o Boliviano Rene Ortube.

 

Os meios de comunicação Peruanos também deixaram o seu contributo. «Foi um roubo», disse o Todo Sport, «Nós fomos roubados», realçou o Peru21. A imprensa peruana defendeu que o árbitro «esqueceu-se» de marcar uma grande penalidade aos 57 minutos, por mão na bola de Heinze e outra grande penalidade no fim da partida, onde o árbitro terminou imediatamente a partida. Colocam também em dúvida a posição de Palermo no segundo golo argentino.

 

Se tudo isto corresponder à verdade, é mais um triste episódio no futebol mundial. É triste se uma selecção como a Argentina vier a falhar um campeonato do mundo. Mas é ainda mais triste se todas estas suposições fizeram algum sentido. Só os intervenientes é que sabem se correspondem à verdade ou não.

tags:

publicado por andre--- às 17:35
link do post | favorito
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 9 seguidores

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Desertor - com ou sem raz...

. Witsel é um luxo

. Um olhar sobre os candida...

. Fará Luisão assim tanta f...

. Liga Europa - O adversári...

. Liga Europa - O adversári...

. Liga Europa - O adversári...

. Um ponto final na maldiçã...

. Liverpool no caminho do B...

. Só resta a Taça da Liga

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

.tags

. todas as tags

origem
SAPO Blogs

.subscrever feeds