Segunda-feira, 14 de Dezembro de 2009

Um olhar sobre os três grandes - Jornada 13

Para a jornada número 13 da Liga Sagres ter sido absolutamente surpreendente no que diz respeito aos três grandes, só faltou mesmo o Porto ter escorregado. Se tivesse acontecido, teria sido uma jornada verdadeiramente atípica. O Sporting perdeu em Alvalade na recepção ao União de Leiria. O Benfica empatou a dois golos no Algarve com o Olhanense. Já o Porto aproveitou os deslizes de Benfica e Braga, para se aproximar da liderança. Para isso bastou vencer o Setúbal no Dragão por 2-0.

 

SPORTING

 

Um simples olhar pela classificação, chega para descrever bem a crise que o leão enfrenta. Com a derrota em Alvalade na recepção ao Leiria de Lito Vidigal e, com o outro triunfo não menos surpreendente do Rio Ave na Madeira, frente ao Marítimo, o leão caiu para a sétima posição com 18 pontos. Esta foi a segunda derrota da formação leonina no seu terreno. Já tinha perdido o confronto com o Sporting de Braga. Carvalhal perdeu o seu primeiro jogo à frente dos leões. A primeira parte do encontro ficou marcada pelo golo dos visitantes. Falha de Patrício, aproveitada da melhor maneira por Paulo Vinicius, num pontapé de canto. O Leiria chegava ao golo e via o Sporting do costume. Uma equipa pouco confiante, com falta de ideias, apresentar pouco futebol. Só na segunda parte é que a equipas ás ordens de Carvalhal conseguiu melhorar, ainda assim, não chegou. Pela frente estava uma União de Leiria, atrevida, bem organizada e, muito confiante com o golo marcado no primeiro tempo. O Sporting já tem mais pontos perdidos (21) do que conquistados (18). Algo que já não acontecia desde 95/96. A equipa além de já ter perdido 12 pontos em casa, só conseguiu vencer por duas vezes no seu estádio.

BENFICA

 

Em Olhão encontraram-se duas equipas que precisavam de pontos com alguma urgência. O Olhanense de Jorge Costa, na décima quinta posição e o Benfica, um dos lideres. Resultado final : empate a dois golos. Num jogo polémico e cheio de casos. Aquele jogo típico da nossa Liga. O Olhanense surpreendentemente, foi quem esteve mais perto de alcançar a vitória. O golo do empate para os encarnados só chegou aos 92 minutos, por intermédio de Nuno Gomes. Além dos muitos cartões amarelos mostrados por Artur Soares Dias, resultaram três expulsões. Djalmir e Miguel Garcia no lado da equipa Algarvia e Di Maria no lado do Benfica. Indisciplina, é mesmo o grande problema da equipa do Olhanense. Os Algarvios já viram 5 cartões vermelhos e são a segunda equipa com mais amarelos. Ultrapassada apenas pelo Leixões. Já o problema dos encarnados parece ser o da desvantagem. Sempre que a equipa de Jorge Jesus sofreu golo, o melhor que conseguiu foi empatar. Com o Olhanense não foi diferente. Sem a presença de Aimar, que se ressentiu de uma lesão, o futebol encarnado sentiu a falta de um criativo na zona central. Os encarnados não perderam só Di Maria. Coentrão viu o 5º amarelo e Ramires lesionou-se e o mais certo é não defrontar o Porto no próximo domingo.

PORTO

 

Com os empates de Benfica e Sporting de Braga, ou até a derrota do Sporting. O Porto precisava de bater no Dragão o Setúbal de Manuel Fernandes, para ficar apena a um ponto dos dois lideres. No espaço de dois minutos os dragões selaram o resultado e, limitaram-se a dominar e controlar o jogo. E, a poupar alguns esforços para o grande clássico de Domingo na Luz. Varela é claramente um dos jogadores que está a crescer a cada jornada que passa. Depois de ter marcado em Guimarães no triunfo por 4-1, voltou a marcar na recepção os Vitória. Aos 23 minutos Farías que foi titular, abriu o marcador. Dois minutos depois Varela entrou em acção e ampliou a vantagem para 2-0. Chegava e sobrava. Foi o que Jesualdo Ferreira deve ter pensado. Complicada continua a vida do Setúbal. Com a derrota no Dragão e com o empate do Olhanense em Olhão, os sadinos ficaram sozinhos na cauda da tabela com oito pontos. Continuam com o Pior ataque e com a pior defesa. Se tivermos em conta todos estes factores. O Setúbal é mesmo a pior equipa da Liga Sagres até ao momentos. O Porto parte para o grande clássico a um ponto do Benfica. Em caso de vitória ultrapassa os encarnados. De olho no jogo grande da ronda, vai ficar o Braga, que pode tirar algum proveito.

tags:

publicado por andre--- às 17:36
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 9 seguidores

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Desertor - com ou sem raz...

. Witsel é um luxo

. Um olhar sobre os candida...

. Fará Luisão assim tanta f...

. Liga Europa - O adversári...

. Liga Europa - O adversári...

. Liga Europa - O adversári...

. Um ponto final na maldiçã...

. Liverpool no caminho do B...

. Só resta a Taça da Liga

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

.tags

. todas as tags

origem
SAPO Blogs

.subscrever feeds