Segunda-feira, 22 de Março de 2010

Benfica vence clássico e conquista a Taça da Liga

BENFICA - PORTO / FINAL DA CARLSBERG CUP (TAÇA DA LIGA)

 

O Benfica de Jorge Jesus bateu o Porto de Jesualdo Ferreira por 3-0 na final (disputada no Estádio Algarve) da Carlsberg Cup (taça da Liga), e conquistou a prova que já havia ganho na temporada passada frente ao Sporting, num jogo com arbitragem muito polémica de Lucílio Baptista. Os golos do triunfo encarnado foram apontado por Ruben Amorim, Carlos Martins (grande golo) e Oscar Cardozo. Na flash interview foi bem visível a emoção de Jorge Jesus após a sua primeira conquista ao serviço do clube da Luz. Infelizmente, esta foi uma final que ficou manchada pelos confrontos entre as claques dos dois clubes, apesar do grande reforço policial que foi destacado para um jogo de alto risco como foi o caso.

 

Como final não foi um grande jogo de futebol. A bola andou quase sempre bem longe das balizas de uma e outra equipa. Os guarda-redes não tiveram grande trabalho. Foram meros espectadores. E, na minha opinião, por tudo aquilo que as duas formações fizeram, o resultado até acabou por ser exagerado. O Benfica não foi assim tão superior ao Porto. Teve a felicidade de chegar ao golo bem cedo (nove minutos), e de forma feliz, graças a um erro tremendo do seu guarda-redes (Nuno), que se deixou surpreender por um remate de Ruben Amorim que parecia inofensivo, mas que acabou por causar estragos. Este golo permitiu aos encarnados irem gerindo o resultado, e controlando os acontecimentos. Foi por tudo isto que o Benfica também não se esforçou muito. A exibição a meio gás ia chegando para as despesas. Jorge Jesus até se deu ao luxo de deixar no banco de suplentes jogadores como : Javi Garcia, Ramires, Saviola ou Cardozo.

 

Em cima do intervalo, Carlos Martins ampliou a vantagem com um remate bem ao seu estilo. Livre directo do médio português, sem hipótese de defesa para Nuno. O melhor golo da noite. O Porto continuava irreconhecível. Apático e sem grandes ideias. Bruno Alves, o capitão portista, ia espelhando em campo o sentimento do grupo. Desânimo e alguma frustração. É vergonhoso que um profissional tenha uma atitude daquelas durante 90 minutos de jogo. Ainda para mais sendo o capitão, o exemplo tem obrigatoriamente de vir dele. O mais estranho é que a Liga nada faça, e permita que comportamentos daquela natureza passem sem qualquer impunidade.

 

O segundo tempo não foi muito diferente. O Benfica continuava a mandar no jogo, mas não acelerava nem se expunha muito ao risco. Bruno Alves continuava o seu festival de péssima maneiras, e o tempo ia correndo, sem que o Porto fosse capaz de responder à altura, ou de criar oportunidades de golo. Airton, que tinha como missão fazer esquecer o número seis espanhol, voltou a passar no teste pela terceira vez consecutiva. Imperial, o médio canarinho. Recuperador de bolas incansável. Muitas vezes vencendo mesmo o duelo no um contra um. Certinho em termos posicionais, voltou a esbanjar classe a nível táctico. Raramente falha um passe. Está aprovado.

 

Em cima do apito final, a boa investida de Ruben Amorim foi coroada com o terceiro golo dos encarnados. Cardozo limitou-se a empurrar o esférico para o fundo da baliza de Nuno. As bancadas iam ao rubro com terceiro tento das águias. O Benfica renovava o título ganho na época passada. Pela primeira vez, a Carlsberg Cup não se iria decidir através do desempate na marca dos onze metros. A única diferença entre as duas equipas a meu ver, esteve no erro de Nuno. E na eficácia encarnada em períodos cruciais do jogo. Mas, como já havia dito, e volto a dizer, o conjunto de Jorge Jesus também não se esforçou muito. Conta o resultado final, de 3-0, exagerado. Jorge Jesus conquistou assim o seu primeiro título no comando das águias !!!

tags:

publicado por andre--- às 17:35
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 9 seguidores

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Desertor - com ou sem raz...

. Witsel é um luxo

. Um olhar sobre os candida...

. Fará Luisão assim tanta f...

. Liga Europa - O adversári...

. Liga Europa - O adversári...

. Liga Europa - O adversári...

. Um ponto final na maldiçã...

. Liverpool no caminho do B...

. Só resta a Taça da Liga

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

.tags

. todas as tags

origem
SAPO Blogs

.subscrever feeds