Domingo, 2 de Maio de 2010

Recordando o passado - Duplas de sucesso

DWIGHT YORKE E ANDY COLE

 

O tobaguenho Dwight Yorke e o inglês Andy Cole, formaram uma das duplas de pontas-de-lança, mais populares, e eficazes, do futebol inglês e europeu nos últimos anos, e de sempre. Foram dois dos grandes responsáveis, pelo sucesso estrondoso que a equipa do Manchester United teve na famosa época de 98/99, onde conseguiu ganhar na mesma temporada, as provas mais importantes que disputou : a Premier League, a Taça de Inglaterra, e ainda, a Liga dos Campeões. Sagrando-se campeão europeu mais de 30 anos depois da última conquista.

 

Combinavam de uma forma quase perfeita, muitas das vezes, davam a ideia de que já jogavam juntos desde sempre. Tal a facilidade com que se entendiam juntos no ataque da equipa de Alex Ferguson. Posso dizer que até hoje, foi muito provavelmente, a melhor dupla de avançados que tive o prazer de ver jogar. Especialmente, por tudo aquilo que conseguiam fazer em campo : golos, combinações, movimentações ... dois autênticos terrores para as defesas contrárias. Curiosamente, até eram muito semelhantes em termos fisícos.

 

Formaram dupla na equipa durante quatro temporadas. Além das conquistas na época maravilhosa de 98/99 (Treble Winner) logo na primeira época que jogaram juntos, venceram ainda a Taça Intercontinental (troféu extinguido), frente à equipa brasileira do Palmeiras. E três campeonatos ingleses, três deles consecutivos.

 

Na época 02/03, ambos os jogadores deixaram Old Trafford, para representar o Blackburn Rovers. A intensão do clube, era voltar a juntar aqueles dois fantásticos avançados, no ataque da sua formação, tentando recuperar aquela terrível dupla. Porém, o sucesso não foi o mesmo de outrota. Cole e Yorke já não tinham a mesma frescura fisíca, e as qualidades de outros tempos.

 

Uma dupla, que ficou na memória de grande parte dos adeptos do desporto rei. Principalmente, de todos aqueles que gostam de bom futebol. Uma dupla inesquecível. Uma dupla que proporcionou momentos de pura magia, naquela equipa fantástica do Manchester United. Uma dupla para a eternidade. Uma das melhores da década de 90. Certamente a melhor e mais bem sucedida da história do colosso inglês.

 

tags:

publicado por andre--- às 14:16
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 9 seguidores

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Desertor - com ou sem raz...

. Witsel é um luxo

. Um olhar sobre os candida...

. Fará Luisão assim tanta f...

. Liga Europa - O adversári...

. Liga Europa - O adversári...

. Liga Europa - O adversári...

. Um ponto final na maldiçã...

. Liverpool no caminho do B...

. Só resta a Taça da Liga

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

.tags

. todas as tags

origem
SAPO Blogs

.subscrever feeds