Quarta-feira, 9 de Junho de 2010

Mundial 2010 - O último teste dos navegadores

TRIUNFO NO DERRADEIRO E ÚLTIMO TESTE

 

Três golos sem resposta diante da selecção de Moçambique, chegaram para a selecção nacional bater o seu opositor, naquele que foi o derradeiro e último teste, antes de iniciar a competição, já na próxima terça feira diante da selecção africana da Costa do Marfim. Os golos só apareceram no segundo tempo. Danny (o melhor em campo) e Hugo Almeida (com um bis), foram os marcadores de serviço, no dia em que se ficou a saber, que Nani ia falhar o Campeonato do Mundo, após uma lesão contraída ainda em Portugal. Ruben Amorim, campeão nacional pelo Benfica, foi o escolhido para preencher a vaga deixada em aberto pelo jogador do Manchester United.

 

O terceiro jogo de preparação, valeu sobretudo pela segunda parte bem conseguida da equipa de Carlos Queiroz. Danny, que jogou de início, foi o melhor jogador em campo. A boa exibição do jogador que actua na Rússia, pode ter baralhado as contas do seleccionador. Decepcionante, continua a ser a prestação de Simão Sabrosa. Ao que tudo indica, o jogador do Atlético de Madrid, na ausência de Nani, deve recuperar a titularidade, apesar de não a merecer neste momento. No lado esquerdo da defesa mantêm-se as dúvidas. Coentrão nos três encontros de preparação que efectuou, deixou sempre boas indicações.

 

Neste momento é um dos 23 que tem estado em melhor forma. Sem o ritmo pretendido, Pepe deve ser rendido por Pedro Mendes no jogo inaugural. Raul Meireles e Deco têm o lugar assegurado. Danny que também pode actuar na zona central do ataque, poderá ser uma boa solução, visto que Liedson não tem sido o jogador que se esperava que fosse. A selecção perde bastante, com a saída de Nani. Perde largura, poder de explosão e velocidade. Neste momento, nenhum outro jogador conseguia ser tão decisivo na frente de ataque quando encostava nas linhas. Com as fugas de Ronaldo para a zona central, Nani era de facto o jogador português mais influente nas zonas laterais do ataque. Depois de Bosingwa, Queiroz vê-se agora privado de Nani, duas peças imprescindíveis na manobra atacante do onze português.


publicado por andre--- às 17:36
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 9 seguidores

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Desertor - com ou sem raz...

. Witsel é um luxo

. Um olhar sobre os candida...

. Fará Luisão assim tanta f...

. Liga Europa - O adversári...

. Liga Europa - O adversári...

. Liga Europa - O adversári...

. Um ponto final na maldiçã...

. Liverpool no caminho do B...

. Só resta a Taça da Liga

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

.tags

. todas as tags

origem
SAPO Blogs

.subscrever feeds