Domingo, 27 de Junho de 2010

Mundial 2010 - Oitavos-de-final

COREIA DO SUL - URUGUAI

 

O sonho dos coreanos terminou nos oitavos-de-final da prova. O Uruguai continua a sonhar com o terceiro título mundial. Uma vitória por 2-1, com um bis do goleador Luís Suárez, colocou a selecção sul americana nos quartos-de-final, onde irá defrontar a equipa africana do Gana. Um erro inacreditável do guarda-redes coreano, logo aos oito minutos de jogo, facilitou a vida à primeira colocada do grupo A, e abriu caminho ao triunfo. Os asiáticos mereciam pelo menos, discutir a eliminatória no prolongamento. Na primeira metade a equipa de Forlán e companhia conseguiu-se superiorizar, muito por culpa daquele tridente ofensivo, composto por : Forlán/Cavani/Suárez. Na segunda metade a Coreia foi uma formação mais audaz, e além de ter conseguido chegar ao empate, conseguiu discutir o jogo. Mas quem conta com jogadores de classe como Suárez, tem mais hipóteses de numa jogada individual, num rasgo de génio, chegar ao golo. E foi o que aconteceu aos 80 minutos. Um remate soberbo do atacante do Ajax, colocou o Uruguai na próxima eliminatória. De referir, que a arbitragem prejudicou as duas selecções.

 

 

ESTADOS UNIDOS - GANA

 

O segundo jogo dos oitavos de final foi bem mais discutido, mais renhido, mais equilibrado, o que obrigou as duas equipas a terem de resolver a questão no prolongamento, e aí, a única formação africana que conseguiu seguir em frente depois da fase de grupos, foi mais forte e, sobretudo eficaz. Os ganeses venceram por 2-1. O golo que selou o triunfo, foi apontado na primeira metade do tempo extra, por  Asamoah Gyan, jogador que actua em França no Rennes. Um dos melhores da equipa, diga-se de passagem. Tem realizado um belo torneio. Os Estados Unidos saem de cabeça erguida. Foram uma das boas surpresas na fase de grupos. Praticaram bom futebol e venceram o grupo, onde se encontrava a Inglaterra, uma das favoritas. No jogo que os colocou diante do Gana, não desiludiram. Estiveram em desvantagem, responderam bem ao golo sofrido e conseguiram igualar. No prolongamento os " Black Stars " foram superiores. Dois dos 23 jogadores norte americanos merecem destaque. London Donovan, a estrela da equipa. E ainda, Michael Bradley, filho do seleccionador. Com este triunfo, o Gana iguala os êxitos dos Camarões (1990) e do Senegal (2002). As únicas selecções que tinham chegado aos quartos-de-final num Mundial de futebol.

tags:

publicado por andre--- às 17:53
link do post | favorito
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 9 seguidores

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Desertor - com ou sem raz...

. Witsel é um luxo

. Um olhar sobre os candida...

. Fará Luisão assim tanta f...

. Liga Europa - O adversári...

. Liga Europa - O adversári...

. Liga Europa - O adversári...

. Um ponto final na maldiçã...

. Liverpool no caminho do B...

. Só resta a Taça da Liga

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

.tags

. todas as tags

origem
SAPO Blogs

.subscrever feeds