Terça-feira, 4 de Novembro de 2008

A crise do campeao

O técnico portista Jesualdo ferreira pôs de lado a hipótese crise, em relação ao panorama actual da sua equipa, no meu ponto de vista acaba por não estar a ser, sincero, sensato, e muito menos realista, como líder do grupo só lhe fica bem admitir aquilo que toda a gente sabe, e tem visto, nos últimos tempos, e claro acatar a sua percentagem de culpa no cartório, nao fosse ele alguém determinante no sucesso, ou neste caso insucesso da equipa, devido as decisões que toma.

 

Um técnico acaba sempre por ser alguém que tem mérito ou demérito, numa equipa de pela posição que ocupa, recuando atrás e olhando para a situação actual da equipa, acabo por ver uma equipa irreconhecível, principalmente a nível de confiança, exibições muito aquém das expectativas, jogadores em ma forma e pouco confiantes, reforços que tardam em afirmar se, ou que não justificam o investimento feito pela SAD portista, a juntar a tudo isso algumas decisões criticas do seu treinador, que começa a ser sinonimo de oito ou oitenta.

 

Pinto da costa na tribuna deve suspirar que se farta pelas ausências de, bosingwa, assuncao, e ricardo quaresma, perante este cenário eh inevitável classificar o momento actual de crise, só o professor jesualdo eh que não quer ver aquilo que eh visível aos olhos de todos.

 

A crise teve inicio no dragão frente aos ucranianos do dínamo de Kiev, derrota por 1-0 que pode ter comprometido a continuidade da equipa na prova, a crise prolonga se com mais uma derrota no dragão, frente ao sensacional leixões líder da liga sagres, neste caso para a liga, vitoria dos lideres por 3-2, crise essa que continua na figueira da foz com mais uma derrota do campeão frente ah naval, que na jornada passada já tinha deixado boa impressão na luz.

 

Para encontrarmos cenário idêntico, de três derrotas consecutivas, temos de recuar três anos, foi na época 2004-2005, derrota com nacional em casa por 4-0 frente ao nacional, num resultado histórico, 4-0 imaginem, e derrotas em Milão frente ao inter, e em Alvalade frente ao sporting, jose couceiro era o técnico na altura.

 

Voltando de novo ao presente apetece me dizer que no futebol, tão depressa se passa a herói como a vilão, sem esquecer a mítica frase o que ontem era verdade hoje eh mentira, tem cuidado professor, não vaias estar no local errado a hora errada, podes vir a ter uma surpresa parecida com aquela que o cebola teve, ah e se o período actual que o porto atravessa não for de crise, peco desculpa, fico ah espera que alguém me explique o que eh então, eh que eu desconheço por completo.

  

tags:

publicado por andre--- às 17:48
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 9 seguidores

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Desertor - com ou sem raz...

. Witsel é um luxo

. Um olhar sobre os candida...

. Fará Luisão assim tanta f...

. Liga Europa - O adversári...

. Liga Europa - O adversári...

. Liga Europa - O adversári...

. Um ponto final na maldiçã...

. Liverpool no caminho do B...

. Só resta a Taça da Liga

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

.tags

. todas as tags

origem
SAPO Blogs

.subscrever feeds